image




Onde você está: HOME / Publicações

Deputador Wagner Neto luta pela agricultura familiar e energia renovável

O deputado estadual Wagner Camargo Neto é Coordenador de duas Frentes Parlamentares na Assembleia Legislativa de Goiás, a de Agricultura Familiar e de Fonte de Energia Renovável. Sempre lutando por essas causas, na busca de benefícios para os pequenos produtores e toda a população, o parlamentar apresentou dois projetos de lei, durante sessão plenária.

Pensando em reposicionar a agricultura familiar nas políticas agrícolas, ambientais, sociais e aumentar a visibilidade dos pequenos agricultores, o deputado Wagner Neto apresentou projeto para que os produtos provenientes desta agricultura tenham uma identificação de forma destacada, através de um selo ou certificação.

A propositura também ressalta o papel dessa modalidade de agricultura na erradicação da fome, da pobreza, na segurança alimentar e nutricional, na proteção do meio ambiente e no desenvolvimento sustentável, principalmente nas áreas rurais.

De acordo com o parlamentar, o objetivo é incentivar a destinação de investimentos para a área e a permanência do pequeno agricultor. “Com a comercialização dos produtos o setor se fortalece. Serão oferecidos alimentos de qualidade, com preços acessíveis, para garantir a sustentabilidade dos negócios, promovendo a distribuição de renda e a permanência do homem no campo”, afirmou.

 

INCENTIVO AO USO DE ENERGIA SOLAR

A energia solar é renovável, sustentável e inesgotável, sendo uma importante alternativa energética e uma das formas limpas de produção de energia que mais cresce no mundo. Ela apresenta inúmeras vantagens se comparada a outras fontes, principalmente às hidrelétricas, que representa 80% da energia que utilizamos.

Sendo assim, o deputado Wagner Neto apresentou projeto para criar uma nova consciência na utilização da energia nas residências em Goiás, a energia solar. Nosso Estado, a exemplo de outros, sofre com os períodos de estiagem que afetam as represas que geram energia, além de causar impactos ambientais.

A propositura prevê a instituição da política estadual de incentivo ao uso da energia solar, com o objetivo de contribuir para a melhoria das condições de vida de famílias de baixa renda, estimular o uso de energia fotovoltaica em áreas urbanas e rurais e o uso da energia termosolar, reduzir a demanda de energia elétrica em horários de pico de consumo, estimular o desenvolvimento e a capacitação de setores comerciais e de serviços relativos a sistemas de energia solar.

“A disseminação em grande escala do uso da energia solar fotovoltaica em Goiás e no Brasil pode fornecer uma série de benefícios para a promoção de um desenvolvimento mais sustentável e redução nos custos”, afirmou o deputado Wagner.



» Comentários «